PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Chicago. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Chicago. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Peixe mais velho do mundo em cativeiro é sacrificado em aquário dos EUA


O peixe mais velho do mundo mantido em cativeiro foi sacrificado pelo aquário Shedd, em Chicago, no estado de Illinois (EUA), devido à saúde debilitada. O peixe-pulmonado-australiano chamado Vovô foi adquirido pelo Aquário Shedd em 1933 e passou 84 anos no local, tendo sido visto por mais de 104 milhões de visitantes, segundo a presidente do aquário, Bridget Coughlin. De acordo com o aquário, a espécie pode viver mais de 100 anos e é protegida na Austrália, onde existe há quase 400 milhões de anos. Fósseis encontrados desse peixe mostram que a espécie permaneceu inalterada por mais de 100 milhões de anos. Uma porta-voz do aquário Shedd disse que a idade exata de Vovô era desconhecida, mas que ele deveria ter mais de 90 anos. O peixe-pulmonado-australiano é nativo dos rios Mary e Burnett, em Queensland, na Austrália.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Peixe-pulmonado que vive há 80 anos em aquário nos EUA ganha festa


 
Um peixe-pulmonado-australiano que vive há 80 anos no aquário Shedd, em Chicago, no estado de Illinois (EUA), ganhou uma festa nesta terça-feira (17). Apelidado de "vovô", o peixe foi levado para Chicago em 1933 durante a realização de uma feira mundial na cidade. "Vovô" é considerado o peixe mais velho do mundo vivendo em um aquário.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

EUA estudam soluções para conter invasão de carpas asiáticas

 
A cidade de Chicago, nos Estados Unidos, está analisando medidas drásticas para impedir que uma espécie de peixe da Ásia invada a região dos Grandes Lagos. As autoridades estão pensando em bloquear o sistema de canais da cidade para impedir que as carpas asiáticas entrem no lago Michigan. O projeto pode custar até US$ 18 bilhões, mas pode valer a pena, em virtude dos grandes problemas financeiros que a carpa pode acarretar à cidade americana. Outros afirmam que uma das soluções seria pescar o peixe e um comerciante da região até começou a vender um hambúrguer com a carne da carpa.